Endossos do livro Vozes do povo

A Guiné-Bissau continua a ser, meio século depois da independência, em 1974, um dos países mais pobres do mundo, marcado pela má governação crónica e a instabilidade política. Perante este cenário, qual é a opinião dos próprios cidadãos sobre a situação do seu país? Que potencial de mudança pode ser discernido nas suas atitudes?

As respostas foram procuradas através de um inquérito inédito. Os resultados, apresentados neste livro, fornecem uma visão única e fascinante da experiência histórica da Guiné-Bissau. Na imagem que emerge, o país destaca-se em duas dimensões: a desconfiança generalizada com relação a seu governo versus a tolerância social e a abertura à cooperação local. Como explica o capítulo de conclusão, esta situação convida a reforçar o potencial de desenvolvimento através da democratização da governação local.

O livro apresenta um rico mosaico de capítulos, elaborados por especialistas, sobre a história, estrutura social, vida cultural e religiosa, política, Estado, economia e condições de vida da Guiné-Bissau, concluindo com uma análise da grave disjunção entre o Estado e a sociedade neste país. Em conjunto, eles proporcionam um contexto para a compreensão dos sentimentos populares captados pela iniciativa Vozes do Povo.

Lars Rudebeck. Universidade de Uppsala, Suécia

Este livro invita a uma reflexão profunda sobre a Guiné-Bissau. A imagem do alto de um país é como os ossos de um esqueleto. É preciso a visão do povo, que é o que este livro tem para oferecer, para acrescentar carne aos ossos e, assim, apreciar o corpo em todo o seu esplendor.

Elísio Macamo. Universidade de Basileia, Suíça

Este volume faz uma leitura original da sociedade e da política da Guiné-Bissau. O estudo desafia o pensamento ortodoxo e apela a um novo sistema de governação, com base em ideias e experiências africanas. Ele convida a repensar as instituições para que elas tenham credibilidade e legitimidade aos olhos do cidadão comum. É um livro de leitura obrigatória.

Demba Moussa Dembele. ARCADE, Dacar, Senegal

Como iniciador de um terreno favorável à pesquisa na Guiné-Bissau assisti com tristeza a uma evolução, durante as últimas décadas, em sentido contrário. Esta é uma das razões para cumprimentar a publicação deste trabalho que antes contribui para o aprofundar dos conhecimentos sobre métodos de pesquisa capazes de influenciar políticas públicas no país. Uma saudação aos autores por nos oferecerem uma paleta de ideias capazes de interpretar sonhos e realidades do país real.

Carlos Lopes. Universidade da Cidade do Cabo, África do Sul

Mais informações sobre o livro podem ser encontradas aqui:

Para ler e descarregar uma cópia do livro em português, clique na capa do livro acima.

Assine a petição

Afiliação institucional apenas para fins de identificação.

Processamos a sua informação de acordo com a nossa Política de Privacidade e Termos de Serviço.

470 signatures = 94% of goal
0
500

Compartilhe a petição com seus colegas

   

Obrigado

Para ler e descarregar uma cópia do livro em português, clique na capa do livro acima.

Assine a petição

Afiliação institucional apenas para fins de identificação.

Processamos a sua informação de acordo com a nossa Política de Privacidade e Termos de Serviço.

470 signatures = 94% of goal
0
500

Compartilhe a petição com seus colegas

   

Obrigado